Ontem, presente e amanhã!

Sabe aquela vontade passar o resto do dia deitado na cama coberto até o pescoço? Bem, foi assim que acordei naquela manhã de quarta-feira. Nem ousei pegar o relógio, mas deviam ser umas 7:30am e não ia mais conseguir chegar no trabalho sem me atrasar, então criei coragem de sentir preguiça: hoje não vou no trabalho!

Ali, deitado eu fiquei pensando em como é boa a vida das crianças e dos velhos, e em como as pessoas na minha (meia) idade têm a capacidade de macanizar o que a vida tem de melhor.

Levantei, passei um café e fui molhar o corpo pra dar uma despertada.Quando saí de casa dei uma olhada no relógio da cozinha, eram 9:45am.

Quando dobrei a esquina um ônibus estava passando, dei com a mão e ele parou. Subi sem ver o destyino e só percebi uns dois minutos depois que estava lá. Pra deixar a aventura(afinal, eu não sabia pra onde ia mesmo!) ainda mais bacana, ou não parecer um boboca prefiri não perguntar a ninguém que ônibus era aquele.

Percebi que estava tomando a direção da praia, gostei. Lembrei que quando era mais jovem e estava com a cabeça cheia adorava ver o mar, era como se limpasse minhas energias, aquele contato com a natureza. E foi envolvido nessas lembranças que desci do ônibus e fui caminhando pela rua comprida que ia dar no calçadão da praia.

Por ser meio de semana a praia estava muito tranquila, alguns velhos passeando com os cachorros, babás com crianças no banho de sol, que durava a manhã inteira no parquinho.

Depois de caminhar até um dos balanços mais fastados sentei e fiquei de longe observando um certo garoto que brincava sozinho com uma bola, do lado tinham duas bicicletas, alguém estava com ele, mas tinha se afastado por um instante. A quanto tempo eu não jogava bola, pensei. Nem me lembro, respondi. Podia ir lá agora e perguntar ao garoto se podiamos brincar juntos. Só que caras na minha idade não pedem pra brincar, marcam uma ‘pelada’ com os amigos do trabalho. Tudo em, esquece o trabalho.

Me levantei, para comprar um coco, e quando voltei o balanço estava ocupado, então sentei  num banco ao lado de um velho que sorrindo me comprimentou como se já me conhecesse. O garotão no balanço, ele dizia, é meu neto. Os pais estão passando férias lá em casa e aproveito para sair com ele. Me faz lembrar a minha infância, dos meus tempos de menino.

O velho, que não me disse seu nome, me falava de coisas que me pareciam familiares outras distantes da minha realidade. Confesso que nem dei muita atenção as suas histórias, pois ficava tentando lembrar de onde conhecia aquele homem. Algumas horas passadas e ele disse que já tinha que ir, mas que um dia nos reencontraríamos, e que quando isso acontecesse eu não me sentisse envergonhado, olhei pro garoto da bola, que ia embora com sua mãe, e da sua bicicleta nos acenou um tchau.

O velho sorriu e disse: Entendeu?

Não meus amigos, naquele momento eu não enetendia nada, mas sentia vontades e resolvi seguir. Levantei e dei um forte abraço no velho que, tinha me apresentado a minha vida, num dia em que eu nem mais sabia o que era viver.

Anúncios

3 Respostas para “Ontem, presente e amanhã!

  1. Às vezes da vontade de sair numa aventurinha dessas, hehe. imaginei toda a cena, enquanto lia.
    ali na orla, em frente aos hotéis.
    tenho certeza que valeu a pena.

    :**

  2. Olá Yuri! Que felicidade foi receber sua mensagem! Muito obrigada! Que bom que gostou do blog, e espero mesmo que continue visitando-o.

    Inclusive, adorei seu blog, suas palavras….vou ler mais! me identifico com vc na forma de escrever a vida, o que se passa… muito legal. está de parabéns.

    Um grande beijo!

    Malu

  3. Yuri, o rapaz de vinte e poucos anos mais velho que conheço. Quando o vejo, com aqueles óculos, aquela boina e aquele andar mambembe, imagino um vovô engraçado que tem um monte de histórias e truques pra mostrar pras criancinhas ao seu redor.

    consigo perfeitamente imaginar vc falando “ei, posso brincar também?”. admiro-te mermo, companheiro. até mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s