poesia de apresentação

eu tenho pra mim
que em mim estão todos os sonhos
tenho inclusive
costurados em mim, pois dentro já não cabem,
os sonhos dos outros

e eu quase não saio mais
de dentro de mim
porque foi aqui que encontrei
o que nunca pude ter:
eu mesmo,
passarinho avoador

e eu quase não durmo
vejam
é acordado que vivo os meus sonhos
é sangrando que pinto
meu nome
incompleto
nos meios
de comunicação
aMASSAdos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s